Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Pena pesada para carjackers que atacaram ex-campeão de boxe com amoníaco

Estrela de boxe do final dos anos 80 e início dos anos 90 estava no carro com o cuidador quando foram assaltados.

Pena pesada para carjackers que atacaram ex-campeão de boxe com amoníaco
Notícias ao Minuto

15:01 - 21/09/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Michael Watson

A 16 de fevereiro do ano passado, três homens tentaram roubar, por método de carjacking, o carro onde o antigo pugilista Michael Watson e o seu cuidador seguiam.

Em tribunal, o pugilista contou que, mais de um ano após o ataque, continua a sofrer com as memórias do incidente, sofrendo de ataques de ansiedade.

Os três assaltantes acabaram mesmo por ser condenados esta sexta-feira por um tribunal britânico, cada um a uma pena de 16 anos de cadeia. São eles Simon Luck, de 29 anos, Paul Samuels, de 31, e Anselm Legemah, de 23, como dá conta o Mirror.

Munidos de amoníaco, os assaltantes abalroaram o carro onde o ex-pugilista e o seu cuidador seguiam. Na altura, o cuidador saiu do carro para abordar os passageiros do outro carro, mas acabou por ser borrifado com amoníaco.

Já Michael Watson, atualmente com 52 anos, não conseguiu sair do carro dado o facto de estar com o cinto posto e ter dificuldades motoras. O antigo atleta foi arrastado pelos assaltantes para fora do carro. Antes de se encontrar fora do veículo, ainda terá estado parcialmente dependurado de fora do carro durante cerca de 500 metros, como confirmou uma testemunha ao tribunal.

As debilidades motoras do antigo atleta resultaram de lesões cerebrais originadas durante um combate em 1991. Na altura, o atleta esteve 40 dias em coma até recuperar a consciência, tendo sido obrigado a colocar um fim prematuro à sua carreira de pugilista.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório