Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2018
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Jovem de 17 anos matou madrasta com machado e espada samurai

Rueben Braithwaite foi condenado a uma pena mínima de 15 anos de prisão.

Jovem de 17 anos matou madrasta com machado e espada samurai
Notícias ao Minuto

19:53 - 14/09/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo País de Gales

No passado mês de março, Rueben Braithwaite, de 17 anos, assassinou a sua madrasta com um machado e uma katana, uma espada samurai, depois de ter ficado “obcecado” por assistir a violência extrema na internet. Os detalhes deste crime bárbaro estão agora a ser divulgados, já depois de Rueben ter sido julgado e condenado a uma pena mínima 15 anos de prisão, adianta a Sky News.

O crime foi cometido na quinta onde o homicida vivia com o pai e a madrasta, Fiona Scourfield, de 54 anos, em Saint Clears, no País de Gales. Rueben Braithwaite cometeu o crime depois de regressar da escola. Pegou no machado depois de alimentar os animais da quinta e depois foi buscar a katana que estava debaixo da cama do pai.

Atraiu Fiona para o exterior da casa, pedindo-lhe para ver como estava o gato da família. Assim que Fiona saiu de casa agrediu-a na cabeça e atingiu-a repetidamente com o machado, já com a vítima no chão. Depois espetou a espada samurai no pescoço.

De acordo com o tribunal de Swansea, tentou publicar fotografias do corpo da vítima na internet. Ligou depois para os serviços de emergência e disse que tinha morto a madrasta. “Atingi-a tantas vezes na cabeça, oito ou nove vezes com o machado”.

Quando lhe perguntaram porque tinha assassinado Fiona, Rueben admitiu que ela cuidava bem dele mas afirmou que queria suicidar-se mas não conseguiu. “Pensei que se matasse alguém afastaria esse pensamento. Queria a morta para poder ter uma vida”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório