Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2018
Tempo
27º
MIN 25º MÁX 28º

Edição

Confrontos perto de aldeia beduína na Cisjordânia ameaçada de demolição

Militantes pró-palestinianos e militares israelitas confrontaram-se hoje perto da aldeia beduína de Khan al-Ahmar na Cisjordânia ocupada, que as autoridades israelitas querem demolir.

Confrontos perto de aldeia beduína na Cisjordânia ameaçada de demolição
Notícias ao Minuto

16:57 - 14/09/18 por Lusa

Mundo Khan al-Ahmar

Segundo jornalistas da agência France-Presse no local, um buldózer israelita tentou cortar a estrada que faz a ligação à aldeia, a leste de Jerusalém, com uma barreira de pedras e terra, o que provocou os confrontos.

Três manifestantes foram detidos, disse um porta-voz da polícia.

Segundo os manifestantes, entre os detidos encontra-se um professor francês de direito, Frank Romano, o que a polícia não confirmou.

O Supremo Tribunal israelita deu na semana passada "luz verde" à demolição de Khan al-Ahmar, rejeitando os recursos contra a sua destruição.

Governos europeus, as Nações Unidas e organizações não-governamentais pressionaram contra a demolição da aldeia beduína, considerando que tal permitirá alargar os colonatos e cortar em dois o território da Cisjordânia, tornando mais difícil a criação eventual de um Estado palestiniano.

Os palestinianos apresentaram ao Tribunal Penal Internacional uma queixa por crime de guerra contra Israel pela planeada demolição da aldeia beduína.

A decisão foi classificada pela organização de defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional como um "crime de guerra", por considerar tratar-se de uma "transferência forçada das comunidades palestinianas para a expansão exclusiva de colonatos judeus" na Cisjordânia.

A aldeia de Khan al-Ahmar, constituída por habitações e estruturas frágeis, conta com cerca de 170 habitantes, a maioria crianças.

Situa-se na designada Área C da Cisjordânia, que ocupa 60% do território palestiniano ocupado e que continua sob controlo exclusivo de Israel, incluindo dezenas de colonatos.

Israel impõe restrições severas à construção por parte dos palestinianos e as demolições de habitações não são raras.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório