Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 12º

Edição

Cortou o cabelo em homenagem à falecida irmã. A escola não gostou

Pais acreditam que escola deveria promover o gesto ao invés de reprimi-lo.

Cortou o cabelo em homenagem à falecida irmã. A escola não gostou
Notícias ao Minuto

07:27 - 07/09/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Reino Unido

Katelyn Ball, de 12 anos, decidiu, durante as férias, cortar o cabelo para doá-lo a uma associação que cria perucas para crianças que sofrem de cancro e para conseguir angariar dinheiro para a instituição InspiredbyKeira, que foi criada em homenagem à sua irmã, que morreu no ano passado num acidente.

Assim, os longos cabelos loiros de Katelyn deram lugar a um corte bastante mais reduzido. Mas a mudança não agradou aos responsáveis da instituição de ensino frequentado pela menina, que consideraram que era "demasiado radical".

Os pais de Katelyn dizem-se ofendidos e afirmam que a escola devia estar orgulhosa da atitude altruísta da sua filha. Partilharam o caso nas redes sociais, recebendo vários comentários de apoio, e em que se afirmava que a escola deveria promover este género de atitudes ao invés de reprimi-las.

Contudo, as regras da South Molton Community College, no Reino Unido, são algo rígidas quanto à forma como os alunos se devem apresentar. Na sua página online pode ler-se que não são permitidos estilos de cabelo "demasiado extremos", nomeadamente cabelos que não estejam no seu tom natural. A instituição de ensino diz mesmo que é inaceitável que os alunos rapem a cabeça e que não se deve usar elementos decorativos na mesma.

Confrontada com a polémica relativa a Katelyn, a escola esclarece que não irá punir a criança pelo seu corte e que apenas aconselhou os pais da menina a incentiva-la a deixar crescer o cabelo novamente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório