Meteorologia

  • 25 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 25º

Fragata portuguesa vai integrar força de reação da NATO

A fragata portuguesa Côrte-Real, com 199 militares da Marinha a bordo, parte na sexta-feira da Base Naval, em Lisboa, para a Finlândia para se juntar aos restantes navios da força de reação imediata da NATO, foi hoje divulgado.

Fragata portuguesa vai integrar força de reação da NATO
Notícias ao Minuto

13:38 - 30/08/18 por Lusa

Mundo EMGFA

O gabinete do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) informou hoje que a fragata vai integrar a força naval de reação imediata da NATO, a SNMG1 - "NRF Standing NATO Maritime Group One", atualmente sob comando do Comodoro Carsten FJORD-LARSEN, da Marinha Real da Dinamarca.

No dia 7, a fragata vai juntar-se em Turku, na Finlândia, aos restantes navios da força, precisou à Lusa fonte do EMGFA.

"A integração na SNMG1 representa o compromisso de Portugal continuar a fazer parte integrante das forças navais multinacionais de reação imediata da NATO, em tempo de paz e crise, compostas por fragatas e contra-torpedeiros", adianta o EMGFA em comunicado.

Esta força naval de alta prontidão é uma das quatro da Aliança destinadas a contribuir, em permanência, para a defesa coletiva perante qualquer ameaça dirigida a um ou mais membros aliados, apoiando o esforço contínuo de dissuasão e segurança da Aliança atlântica.

Na nota, é realçado que a força integra o "maior exercício de sempre da NATO, o TRIDENT JUNCTURE18, a decorrer na Noruega entre outubro e novembro, com a participação dos países aliados e os parceiros Finlândia e Suécia, num total de 30 países e 40.000 participantes".

Esta missão é considerada exigente e complexa, culminando após um intenso ano de emprego e treino operacional iniciado com a certificação do navio no "Operational Sea Training (OST)", no centro de treino da Marinha do Reino Unido, em setembro de 2017.

O NRP Côrte-Real é comandado pelo Capitão-de-fragata Valter Manuel de Bulha Almeida e tem uma guarnição composta por 27 oficiais, 48 sargentos e 124 praças, uma equipa médica, uma equipa de fuzileiros e outra de mergulhadores.

Esta missão tem duração prevista até ao dia 28 de novembro.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório