Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 15º

Edição

Queixas de Trump não afetarão decisões sobre taxas de juro

Uma alta responsável da Reserva Federal norte-americana (Fed) defendeu hoje mais dois aumentos das taxas de juro este ano, apesar das queixas do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que tal poderá desacelerar a economia do país.

Queixas de Trump não afetarão decisões sobre taxas de juro

Esther George, presidente do banco regional de Kansas City da Fed, declarou numa entrevista ao canal televisivo CNBC considerar que mais dois aumentos das taxas de juro este ano "serão apropriados" e que os comentários de Trump não afetarão a sua posição política.

"Expressões de angústia em relação a taxas de juro mais elevadas não são exclusivo deste Governo, o Congresso anteviu este tipo de tensão quando criou o banco central e instalou dispositivos de proteção para que o banco central pudesse ser independente e levar adiante as suas decisões", disse Esther George.

Os seus comentários surgem na altura em que os dirigentes do banco central estão reunidos para a sua conferência anual de verão em Jackson Hole, no Estado do Wyoming, patrocinada pelo Kansas City Fed.

O presidente da Fed, Jerome Powell, proferirá o discurso de abertura da conferência na sexta-feira de manhã, com os investidores alerta quanto ao que poderá indicar sobre a futura orientação das taxas de juro, à luz dos comentários de Trump e das ameaças que traz a guerra comercial por ele desencadeada, com a imposição de tarifas aduaneiras à China e a outros países.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório