Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2018
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

O correio para a Palestina vai chegar oito anos depois

Cartas e encomendas foram retidas por Israel que só agora permitiu a entrega do correio.

O correio para a Palestina vai chegar oito anos depois
Notícias ao Minuto

12:22 - 17/08/18 por Fábio Nunes 

Mundo Médio Oriente

Um acordo único estabelecido entre Israel e a Palestina vai permitir a entrega de correio no território ocupado da Cisjordânia. De acordo com a BBC, o correio vai chegar aos cidadãos palestinianos com oito anos de atraso depois de ter sido retido pelas autoridades israelitas na Jordânia. A entrada para a Cisjordânia através da Jordânia é controlada por Israel.

Agora os trabalhadores dos correios palestinianos têm em mãos a árdua tarefa de distribuírem mais de 10 toneladas de cartas e encomendas. Um responsável admitiu à AFP que pode levar duas semanas para verificarem todo o correio e distribuírem-no.

Ramadan Ghazawi, que trabalha no posto de correio na cidade de Jericó, afirma que o correio foi bloqueado por motivos de segurança ou administrativos.

Num comunicado divulgado esta terça-feira, o ministro das Comunicações da Autoridade Palestiniana, Allam Moussa, acusou Israel de ter falhado na implementação de um memorando de entendimento assinado em 2016 e que devia ter permitido a entrada de correio internacional nos territórios palestinianos sem passar pelos serviços postais israelitas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório