Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2018
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Mar 'pintado' de vermelho depois da morte de 180 baleias nas Ilhas Faroé

Trata-se de uma tradição dinamarquesa. Alerta, as imagens que pode ver na galeria podem ferir a suscetibilidade dos leitores mais sensíveis.

Notícias ao Minuto

23:36 - 16/08/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Dinamarca

Estas são as imagens que estão a chocar o mundo: documentam um grupo de baleias encurraladas e abatidas por aldeões nas Ilhas Faroé, na Dinamarca.

Todos os verões, milhares de baleias são massacradas numa baía da remota ilha, enquanto os habitantes se preparam para os duros meses de inverno que se aproximam. Alastair Ward, estudante da Universidade de Cambridge, de 22 anos, visitava o arquipélago para comemorar o final de curso quando ‘tropeçou’ num banho de sangue.

Chocado com o cenário, Alastair reparou ainda que até as crianças eram envolvidas no processo, saltando para cima das baleias para colocar cordas nas suas carcaças. “Estava sem palavras”, revelou ao britânico Metro. Acredita Alastair Ward que as crianças que estavam no local não ficam chocadas com o cenário já que foram criadas de acordo com esta cultura.

Durante cerca de 30 minutos, mais de 180 baleias foram mortas na baía de Sandavágur. Ainda de acordo com o relato, muitos dos animais feridos ficam a contorcer-se nas rochas durante algum tempo até morrerem.

A caça é localmente conhecida como ‘grindadrap’ e permite aos habitantes da região armazenar carne suficiente para os meses de inverno. No entanto, é severamente criticada pelos defensores dos direitos dos animais, que defendem que se trata de um “ritual cruel e desnecessário”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório