Meteorologia

  • 18 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Letões queriam subir o Monte Branco e hastear bandeira nacional

Um grupo de letões foi impedido pela Guarda francesa de tentar hastear a sua bandeira nacional no cume do Monte Branco, a pedido de um autarca que criticou o ato "inconsciente", adiantou a AFP.

Letões queriam subir o Monte Branco e hastear bandeira nacional
Notícias ao Minuto

06:41 - 12/08/18 por Lusa

Mundo França

O grupo de alpinistas, em número não especificado, foi intercetado por volta do meio-dia, de acordo com fonte da Guarda francesa (Gendarmerie).

"Uma ação de inconscientes", disse na sua conta na rede social Twitter Jean-Marc Peillex, autarca de Saint-Gervais (Haute-Savoie, nos Alpes franceses), de cuja comuna faz parte o Monte Branco, o pico mais alto da Europa.

O presidente da autarquia pediu a intervenção das forças de segurança para impedir o intento.

"Os cidadãos da Letónia queriam montar um mastro de 10 metros no cimo do Monte Branco para desfraldar a bandeira. Face ao risco da expedição pedi ao Pelotão de Alta Montanha da Gendarmerie para intervir e apreender o material", escreveu o autarca, que fez acompanhar a mensagem de uma foto que mostrava um mastro embrulhado e deitado no chão.

Peillex há vários anos que denuncia o estado de impreparação e o parco equipamento de inúmeras pessoas que se lançam no assalto ao teto da Europa, cujo ponto mais alto se localiza a 4.810 metros de altitude.

A cidade de Saint-Gervais, onde começa a rota em direção ao Monte Branco, recrutou preventivamente um sherpa (etnia do Nepal, mas também nome pelo qual frequentemente são designados os guias de montanha).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório