Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Síria: Pelo menos 53 civis mortos em ataques aéreos no norte

Pelo menos 53 civis, incluindo 28 crianças, morreram na sexta-feira na Síria em ataques aéreos contra a vários territórios rebeldes do norte do país, segundo um novo balanço divulgado hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Síria: Pelo menos 53 civis mortos em ataques aéreos no norte
Notícias ao Minuto

19:31 - 11/08/18 por Lusa

Mundo Novo balanço

Os ataques tiveram como alvo a província de Idleb, dominada por 'jihadistas' e rebeldes, mas também uma localidade da vizinha província de Alepo e foram os bombardeamentos mais mortíferos na zona em meses, de acordo com a mesma organização não-governamental.

"O balanço aumentou depois da descoberta de mais corpos sob os escombros e de outras mortes de pessoas feridas", disse à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane.

Só na localidade de Orum al-Koubra, na província de Alepo, os ataques mataram 41 civis, 25 dos quais crianças, de acordo com o novo balanço do OSDH, que não pode indicar se os bombardeamentos foram feitos pelo regime de Damasco ou pelos seus aliados russos.

"É o balanço de vítimas mais elevado nos territórios rebeldes da província de Alepo deste ano", precisou Abdel Rahmane.

Na província de Idleb morreram 12 civis, incluindo três crianças, em ataques do regime e dos aliados russos que visaram duas localidades, segundo o OSDH.

Na sexta-feira, o balanço nas duas províncias dava conta de perto de 30 mortos, incluindo 18 civis em Orum al-Koubra.

A província de Idleb é uma das últimas a escapar ao controlo do regime sírio, que recentemente afirmou que a conquista deste território era um dos seus objetivos.

O conflito na Síria começou em 2011 e tornou-se mais complexo ao longo dos anos, com o envolvimento de países estrangeiros e grupos 'jihadistas', num território cada vez mais fragmentado. Já fez mais de 350 mil mortos e milhões de deslocados e refugiados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório