Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2018
Tempo
25º
MIN 22º MÁX 29º

Edição

Amiga de brasileira que morreu em Lisboa faz rifas para trasladar corpo

Deyse Ricarte morreu num hotel de Lisboa, no passado dia 9 de julho, depois de ter transportado droga no estômago, do Brasil para Portugal.

Amiga de brasileira que morreu em Lisboa faz rifas para trasladar corpo
Notícias ao Minuto

21:03 - 18/07/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Brasil

Uma amiga da brasileira Deyse Ricarte, de 28 anos de idade, que morreu em Portugal depois de ter servido de 'correio de droga', criou rifas para poder angariar dinheiro para ajudar a família a trasladar o corpo para o Brasil. O transporte tem o custo de 25 mil reais (mais de 5500 euros), quantia que a família diz não poder pagar, diz o G1.

Recorde-se que Deyse foi encontrada morta num hotel de Lisboa, na madrugada de dia 9 de julho, depois de ter transportado droga no estômago desde o Brasil, um trabalho que aceitou em troca de 12 mil reais (mais de 2.600 euros).

A polícia acredita que Deyse terá engolido varias cápsulas de cocaína e que uma terá rebentado dentro do seu organismo, provocando-lhe uma overdose.

Naiara Alitolip de Araújo, uma amiga de Deyse, quer ajudar a família a recuperar o corpo para o poder sepultar. Não podendo contar com a ajuda financeira do governo brasileiro, por questões legais, a universitária decidiu organizar rifas.

"A família dela vai fazer uma procuração para que eu possa representá-los. Eu vou ficar responsável por fazer contacto com as autoridades e ver o que é preciso para trazer o corpo dela. Vou rifar perfume importado, essas coisas. Também vamos aceitar doações", indicou, citada pelo mesmo portal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.