Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Giuliano, o padre que deixou o sacerdócio para casar com o namorado

Apesar de ter deixado o sacerdócio, Giuliano não deixou de ter fé em Deus e continua a ir à missa.

Giuliano, o padre que deixou o sacerdócio para casar com o namorado

Giuliano Costalunga tem 48 anos e, até ao ano passado, era padre em duas localidades italianas. No entanto, o amor por outro homem fê-lo abandonar o sacerdócio, mas não a fé.

Giuliano começou por reduzir o número de missas que dava, porque já vivia com o namorado, Paolo, até que, em fevereiro deste ano, enviou uma carta ao bispo de Verona a pedir que fosse dispensado das obrigações clericais para poder casar com Paolo.

Conta o jornal La Vanguardia que Giuliano decidiu mudar-se para as Canárias, juntamente com Paolo, porque em Espanha o casamento homossexual é reconhecido por lei.

Dois meses depois, o casal dava o nó perante amigos e familiares que apoiam o seu amor.

O casal conheceu-se em 2015 quando o então pároco visitava doentes oncológicos num hospital de Verona. Um desses pacientes era Paolo. A ligação entre os dois foi tornando-se mais forte, até que ambos perceberam que era mais do que amizade.

A igreja, por seu turno, não reagiu da melhor forma. O bispo de Verona classificou o amor dos dois como uma “dolorosa situação familiar” e lembrou que uma vez sacerdote, sacerdote para toda a vida, pois só a Santa Sé pode libertar Giuliano do estatuto clerical.

“Voltei a ser um simples laico, mas profundamente enamorado da fé por Deus. Digo ao meu marido que o amo, mas que adoro Deus. Rezamos juntos e isto ajuda-me a seguir em frente”, disse Giuliano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório