Meteorologia

  • 15 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 14º

Edição

A bandeira da Síria será hasteada onde a revolta deu lugar à guerra

Os sete anos de conflito na Síria fizeram centenas de milhares de mortos e milhões de refugiados

A bandeira da Síria será hasteada onde a revolta deu lugar à guerra
Notícias ao Minuto

15:50 - 12/07/18 por Pedro Filipe Pina 

Mundo DEraa

É uma escolta militar de respeito, a que vai levar formalmente a bandeira da Síria de volta a Deraa.

Conta a Reuters que veículos estatais sírios, fiéis a Bashar Al-Assad, acompanhados por polícia militar russa, entraram em Deraa esta quinta-feira com a intenção de hastear a bandeira do país.

Recorde-se que foi em Deraa que teve início a revolta que acabou por redundar numa guerra civil. Foi em 2011 que o regime de Assad reprimiu com violência os primeiros protestos, dando lugar ao crescendo da violência.

Daí em diante, a Síria viveu cenários de horror, com a ascensão do Estado Islâmico e a afirmação de diferentes grupos rivais, uma série de conflitos que envolveram as forças do regime e, em anos mais recentes, forças militares externas, nomeadamente da Turquia, da Rússia e da coligação internacional liderada pelos EUA.

Nos sete anos que se seguiram, aos primeiros sinais de revolta em Deraa, resultou uma guerra civil com várias frentes, num conflito que roubou centenas de milhares de vidas civis, fazendo ainda milhões de refugiados. Estima-se, aliás, que metade da população síria tenha ficado desalojada durante estes anos de guerra. 

É na sede do município de Deraa que forças sírias irão hastear esta quinta-feira a bandeira da Síria, perto de uma mesquita onde 'nasceram' os primeiros protestos. Para Assad, este hastear da bandeira é mais um sinal claro da recuperação do controlo do país.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório