Meteorologia

  • 21 JULHO 2018
Tempo
25º
MIN 24º MÁX 25º

Edição

Israel vai impedir "qualquer tentativa" de violar as suas fronteiras

O primeiro-ministro de Israel advertiu hoje que o seu país vai impedir qualquer tentativa de violar a fronteira, aérea ou terrestre, depois da entrada no seu território de um drone da Síria, que foi intercetado por um míssil.

Israel vai impedir "qualquer tentativa" de violar as suas fronteiras
Notícias ao Minuto

21:39 - 11/07/18 por Lusa

Mundo Benjamin Netanyahu

"Há algumas horas, um veículo não tripulado infiltrado desde a Síria no território de Israel foi abatido. Quero salientar que vamos impedir qualquer tentativa de violar as nossas fronteiras aéreas e terrestres", disse Benjamin Netanyahu, depois de uma reunião com o Presidente russo Vladimir Putin, no Kremlin.

Netanyahu, que está a efetuar a sua terceira visita a Moscovo este ano, acrescentou que cada reunião com o líder russo é "uma oportunidade de agir em conjunto para aumentar a segurança e a confiança na região".

Vladimir Putin, por sua vez, confirmou as boas relações que unem os dois países e o desenvolvimento da cooperação no âmbito económico, comercial, militar e humanitário.

"As relações bilaterais estão a desenvolver-se de uma forma muito positiva", disse o chefe do Kremlin.

O Exército israelita declarou que o drone que foi intercetado hoje "10 quilómetros no interior de Israel" pertencia às forças armadas da Síria.

De acordo com um porta-voz militar, as forças israelitas identificaram o veículo não tripulado antes que ele cruzasse a fronteira desde o lado sírio para garantir que não pertencia à Rússia e Jordânia e depois lançaram um míssil contra o objeto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.