Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Enfermeira despede-se para trabalhar em supermercado. E não se arrepende

Melhores salários e menos stress, deixaram esta mulher mais satisfeita.

Enfermeira despede-se para trabalhar em supermercado. E não se arrepende

Aconteceu em Londres, mas a julgar pela insatisfação de muitos enfermeiros em Portugal, também poderia passar-se por cá.

Uma enfermeira decidiu despedir-se para passar a trabalhar no LIDL. A mulher, que prefere manter o seu anonimato, afirma que tem agora um ordenado melhor no supermercado e "muito menos stress".

A enfermeira revela que sempre teve consciência de que não teria o melhor emprego do mundo ao querer trabalhar no Serviço Nacional de Saúde, mas que sempre pensou que o facto de poder "fazer a diferença" seria recompensador.

"Não havia trabalhadores suficientes pelo que nunca conseguíamos fazer o nosso trabalho de forma eficiente. Os doentes passavam o dia a queixar-se porque não lhes dávamos a atenção necessária", conta a mulher, que revela ainda que raramente conseguia tirar férias e era obrigada a comprar tudo em segunda mão para a filha, uma vez que os ordenados não eram assim tão bons.

Insatisfeita, e à semelhança de outros colegas seus, a enfermeira decidiu abandonar a profissão. A ideia surgiu quando um supermercado LIDL abriu na sua rua e esta decidiu candidatar-se a uma vaga de emprego. 

A mudança não a desiludiu. A antiga profissional de saúde diz que tem um trabalho muito mais social, melhores horários e, acima de tudo, muito menos stress na sua vida.

Segundo o Metro, um gerente de loja do LIDL naquele país ganha em média 41 mil euros por ano, enquanto um enfermeiro qualificado recebe apenas 26 mil euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório