Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Mais de 13 mil migrantes foram abandonados no deserto do Sahara

Muitos não resistiram às temperaturas quentes.

Mais de 13 mil migrantes foram abandonados no deserto do Sahara

A Argélia abandonou mais de 13 mil pessoas, nos últimos 14 meses, no deserto do Sahara. Escreve a Fox News que entre as pessoas deixadas ao abandono sob temperaturas de muito calor, e por vezes obrigadas a andar com uma pistola apontada à cabeça, existem crianças e mulheres grávidas.

As expulsões em massa na Argélia tiveram início em outubro de 2017, altura em que a União Europeia aumentou a pressão sobre os países do norte de África para evitar o número de migrantes a chegar ao norte da Europa através do Mar Mediterrâneo.

Estes migrantes são oriundos  do Mali, Gâmbia, Costa do Marfim, Níger, entre outros, e fazem parte do grupo de pessoas que quer fugir à violência a que se assiste nos seus países de origem.

Dizem os que passaram pela experiência que muitos são os que não resistem às altas temperaturas e acabam por morrer antes de chegar a porto seguro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório