Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2018
Tempo
29º
MIN 26º MÁX 30º

Edição

Três refugiados do Sudão do Sul morrem em briga após jogo do Mundial2018

Três refugiados sul-sudaneses morreram e 18 ficaram feridos num campo de refugiados no noroeste do Uganda, após uma briga de motivação étnica que começou quando assistiam a um jogo de futebol do Mundial 2018 na Rússia, disse hoje fonte policial.

Três refugiados do Sudão do Sul morrem em briga após jogo do Mundial2018
Notícias ao Minuto

17:11 - 22/06/18 por Lusa

Mundo Uganda

O corpo de um homem de 32 anos foi hoje encontrado e identificado pela polícia, juntando-se a outros dois mortos, de 18 e 50 anos.

Na origem das mortes esteve uma briga que começou no domingo à noite, quando um grupo de refugiados assistia ao jogo entre o Brasil e a Suíça no campo de refugiados Rhino Camp, perto da fronteira com o Sudão do Sul e com a República Democrática do Congo (RDC).

O jovem de 18 anos, de etnia Dinka (grupo étnico de grande presença no Sudão do Sul) iniciou uma discussão com um grupo de etnia Nuer (outro grande grupo étnico), que desencadeou uma briga, da qual resultaram as três mortes, segundo fontes que presenciaram o acidente.

A polícia abriu uma investigação e deteve, até ao momento, 18 pessoas alegadamente relacionadas com os confrontos, afirmou a porta-voz da polícia local, Josephine Angucia.

"Prendemos os 18 suspeitos para que nos ajudem nas investigações", declarou Angucia, que confirmou que está em curso um grande destacamento policial no campo de refugiados.

Ketty Acayo, outra porta-voz da polícia, informou que os dois grupos étnicos vão ser recolocados em diferentes campos de forma a evitar mais brigas e confusões.

O Uganda é o terceiro país do mundo com maior número de refugiados, a seguir à Turquia e ao Paquistão, especialmente provenientes do Sudão do Sul, da República Democrática do Congo e Burundi.

Segundo os dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) a nação africana conta com 1,4 milhões de refugiados e só nós primeiros meses de 2018 recebeu mais de 50.000 novos desembarques.

No mês de março, 6.397 refugiados do Sudão do Sul chegaram ao Uganda, revela ainda o ACNUR.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório