Meteorologia

  • 22 JUNHO 2018
Tempo
24º
MIN 24º MÁX 24º

Edição

Liga Árabe convoca sessão extraordinária para tratar do conflito no Iémen

A Liga Árabe convocou hoje uma sessão extraordinária para tratar dos últimos acontecimentos no conflito iemenita, depois de as forças do Governo apoiadas pela coligação árabe terem lançado uma ofensiva contra a cidade de Hodeida (oeste), controlada pelos rebeldes.

Liga Árabe convoca sessão extraordinária para tratar do conflito no Iémen
Notícias ao Minuto

12:30 - 14/06/18 por Lusa

Mundo Conflito

A reunião decorre às 13h00 locais (12h00 em Lisboa) e foi convocada pela Liga Árabe, a pedido do representante do Iémen neste organismo.

Por sua vez, o Conselho de Segurança da ONU discutirá hoje, à porta fechada, a ofensiva lançada pelas forças iemenitas e pela coligação árabe liderada pela Arábia Saudita contra a cidade e o porto de Hodeida, localizado na costa oeste do Iémen.

A comunidade internacional manifestou já preocupação com a ofensiva contra a cidade e arredores, num conflito que pode afetar 600 mil civis, segundo a ONU.

Além disso, a grande maioria das importações de alimentos, abastecimentos básicos e militares para as áreas controladas pelos rebeldes, chegam através do porto de Hodeida, na margem do Mar Vermelho.

A ONU e seus parceiros humanitários estão a trabalhar em Hodeida, distribuindo na província 70 mil kits de resposta rápida, que incluem rações de alimentos e outros produtos essenciais.

Segundo as Nações Unidas, as operações de ajuda serão muito afetadas no caso de prolongados combates em áreas com alta densidade populacional e os cidadãos que procuram fugir das zonas de combate devem poder fazê-lo sem impedimentos.

A Rússia apelou hoje "à suspensão, o mais rapidamente possível", dos combates no Iémen, onde as forças pró-governamentais lançaram na quarta-feira uma ofensiva contra o porto estratégico de Hodeida.

"Esta evolução dos acontecimentos é particularmente preocupante", nomeadamente devido aos riscos para a população civil, referiu o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo num comunicado.

Cerca de 600.000 pessoas vivem em Hodeida, porto estratégico no Mar Vermelho através do qual a maioria da população do Iémen recebe alimentos e medicamentos.

Segundo os rebeldes, ataques aéreos da coligação militar sob comando saudita visaram hoje as suas posições nos arredores de Hodeida.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.