Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2018
Tempo
22º
MIN 20º MÁX 23º

Edição

Condutor da Uber fica sem licença depois de expulsar casal lésbico

Alex e Emma acusam Ahmad El Boutari de as expulsar do carro por um simples beijo. Condutor da Uber, que ficou sem licença para conduzir, diz que as jovens estavam a fazer muito barulho e que uma delas terá colocado os pés em cima do banco da viatura

Condutor da Uber fica sem licença depois de expulsar casal lésbico

Um condutor da Uber, em Nova Iorque, viu a sua licença para conduzir ser retirada depois de ter expulsado duas mulheres do seu carro por estas se terem beijado.

De acordo com a Sky News, Alex Lovine e Emma Pichl estavam a viajar de Brooklyn para Manhattan, de Uber, no passado sábado, quando deram um beijo.

De seguida, denunciam, o condutor do carro, identificado como Ahmad El Boutari, terá dito que beijar é proibido no interior do carro, tendo as duas mulheres sido expulsas do veículo.

Gerou-se então uma discussão entre as duas mulheres e o condutor, tendo El Boutari considerado que o beijo no interior do seu carro foi “desrespeitoso”.

Na sequência desta polémica, a Uber decidiu retirar a licença ao homem de 35 anos, uma vez que, garante a empresa, não tolera a discriminação.

Em declarações ao New York Daily News, El Boutari disse que expulsou as duas mulheres do carro porque estas estavam a fazer muito barulho, ouvindo música aos altos berros, tendo uma delas colocado os pés no banco do carro. Alex e Emma negam estas acusações.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório