Meteorologia

  • 22 ABRIL 2019
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Os cemitérios de bicicletas que a vida na China deixou para trás

Da oferta que superou largamente a procura ao acumular de lixo.

Notícias ao Minuto

20:10 - 05/06/18 por Pedro Filipe Pina 

Mundo Mudanças

Há um par de décadas, as imagens que nos chegavam da China davam conta de ruas cheias de milhares e milhares de bicicletas.

A bicicleta ainda é meio de deslocação para muitos chineses, incluindo nas grandes cidades. Mas as mudanças trazem inevitáveis consequências.

Durante anos, muitos chineses ou tinham bicicletas ou recorriam a serviços partilhados de bicicletas. Não por acaso, como dá conta a Reuters, muitas destas empresas surgiram em poucos anos.

Mas o desenvolvimento do país, que permitiu que cada vez mais chineses possuíssem carro pessoal, e um claro excesso de oferta, levaram a uma rutura. 

O resultado chega-nos via imagens recolhidas pela agência no último ano que dão conta de autênticos aterros gigantescos para bicicletas abandonadas, são cemitérios para estes veículos de duas rodas que impressionam pela sua dimensão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório