Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Donald Trump cancela cimeira com Kim Jong-un em junho

O anúncio acaba de ser feito pela Casa Branca. Na base desta decisão estão as recentes declarações de Kim Jong-un que Trump considera demonstrarem "tremenda raiva e hostilidade".

Donald Trump cancela cimeira com Kim Jong-un em junho
Notícias ao Minuto

14:50 - 24/05/18 por Ana Lemos e Fábio Nunes 

Mundo Diplomacia

No dia em que a Coreia do Norte destruiu as instalações nucleares de Punngye-ri perante jornalistas estrangeiros, Donald Trump cancelou a cimeira com Kim Jong-un que estava prevista para o dia 12 junho em Singapura. O líder norte-americano escreveu uma carta ao seu homólogo norte-coreano a informá-lo desta sua decisão e a explicar os motivos para o cancelamento da tão aguardada cimeira. 

Na base desta decisão de Donald Trump estão as declarações recentes de Kim Jong-un. "Lamentavelmente, tendo em conta a tremenda raiva e hostilidade demonstrada nas suas mais recentes declarações, sinto que é inapropriado, nesta altura, ter este encontro planeado há tanto tempo"

"Como tal, esta carta serve como prova que a cimeira de Singapura, para o bem dos dois lados, mas em detrimento do mundo, não vai ter lugar", refere Trump. "Vai falar das suas capacidades nucleares, mas as nossas são tão massivas e poderosas que eu rezo a Deus para nunca terem de ser usadas"

No entanto, Donald Trump não fecha as portas a uma futura cimeira. "Senti que estava a ser construído um maravilhoso diálogo entre nós e, em última análise, é apenas esse diálogo que importa. Espero muito poder encontrar-me consigo um dia. Entretanto, quero agradecer-lhe pela libertação dos reféns que estão agora em casa com as suas famílias. Foi um gesto bonito e muito apreciado".

"Se mudar de ideias relativamente a esta importante cimeira, por favor não hesite em ligar-me ou escrever. O mundo, e a Coreia do Norte em particular, perdeu uma grande oportunidade de paz duradoura, grande prosperidade e riqueza. Esta oportunidade perdida é um momento verdadeiramente triste na história", pode ler-se na carta de Trump.

O anúncio deste cancelamento foi feito pela Casa Branca que divulgou a carta de Trump a Kim Jong-un.

Tendo em conta os esforços recentes do regime de Pyongyang para melhorar as relações com a Coreia do Sul e conseguir uma aproximação aos Estados Unidos, parece estranha esta decisão do presidente norte-americano.

Mas esta decisão acontece depois de um alto responsável da Coreia do Norte ter afirmado que Mike Pence é "um boneco político" e ter criticado as declarações "estúpidas e idiotas" do vice-presidente dos Estados Unidos. De acordo com a CNN que cita uma fonte na Casa Branca, estes comentários enfureceram Trump que decidiu cancelar a cimeira. 

Numa entrevista à Fox News nesta segunda-feira, Mike Pence referiu que o processo de desnuclearização de Pyongyang podia seguir o "modelo da Líbia", que como se sabe culminou na morte do líder líbio, Muhammar Khadafi.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório