Meteorologia

  • 03 FEVEREIRO 2023
Tempo
14º
MIN 6º MÁX 17º

Presidente do Panamá diz que explosão de avião em 1994 foi terrorismo

Juan Carlos Varela indicou na segunda-feira que irá ordenar a reabertura da investigação ao caso.

Presidente do Panamá diz que explosão de avião em 1994 foi terrorismo
Notícias ao Minuto

13:02 - 22/05/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Panamá

O presidente do Panamá, Juan Carlos Varela, adiantou na segunda-feira aos jornalistas que irá pedir a reabertura da investigação ao caso da explosão de um avião em 1994, uma vez que “relatórios dos serviços de informação claramente mostram que foi um ataque terrorista”.

O governante refere-se à explosão de um Embraer EMB 110 Bandeirante, a 19 de julho de 1994, que operava o voo 00901 da companhia Alas Chiricanas, com origem na cidade de Colón e com destino à cidade do Panamá. Resultou na morte dos 21 ocupantes do aparelho.

Juan Carlos Varela, diz a BBC, indicou que recebeu provas conclusivas dos serviços secretos israelitas e que, por isso, quer voltar a abrir a investigação. A bordo do avião seguiam 12 judeus, sendo que alguns eram importantes homens de negócios.

A queda deste aparelho, recorde-se, aconteceu no dia a seguir ao atentado num centro judaico (AMIA- Asociación Mutual Israelita Argentina) de Buenos Aires, na Argentina, onde morreram 85 pessoas e mais de 300 ficaram feridas. Um bombista suicida fez-se explodir no local, suspeitando-se do envolvimento do Hezbollah e do Irão, que sempre negou o seu envolvimento.

Varela, que se encontra em Israel num encontro com Benjamin Netanyahu, afirmou que o primeiro-ministro israelita lhe enviara uma carta em novembro passado onde fazia a confirmação: “Perdi o meu colega de quarto e um membro importante da comunidade judaica panamiana num ataque terrorista conduzido pelo Hezbollah no Panamá há alguns anos”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório