Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 13º

Edição

Pashinián pede a manifestantes "uma pausa" para poder resolver problemas

O novo primeiro-ministro da Arménia, Nikol Pashinián, que chegou ao governo após liderar os maiores protestos anti-governamentais da história deste país, pediu hoje aos que prosseguem com ações de protesto "uma pausa" para não obstruir a solução dos problemas.

Pashinián pede a manifestantes "uma pausa" para poder resolver problemas
Notícias ao Minuto

14:08 - 17/05/18 por Lusa

Mundo Arménia

"Todos precisamos de uma pausa para tranquilamente podermos discutir e solucionar os problemas", disse Nikol Pashinián aos jornalistas, em Ereván.

O político, eleito primeiro-ministro numa sessão extraordinária do Parlamento arménio, realizada no passado dia 08 de maio, advertiu que "não se pode resolver nada se se tentar resolver tudo de uma vez".

Os protestos no país, que se acalmaram após a nomeação de Pashinián, recomeçaram em Ereván, onde os manifestantes exigem a demissão do governador da cidade, Tarón Margaryán, que acusam de uma gestão ineficaz, e do procurador-geral do país.

Por seu lado, os taxistas da capital bloquearam parcialmente o tráfego numa das avenidas mais frequentadas para reclamarem melhorias laborais e a revisão das suas condições de trabalho.

"Os cidadãos fazem uso do seu direito à liberdade de expressão, mas há que compreender que todos os problemas não se resolverão de imediato", insistiu hoje Pashinián.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório