Meteorologia

  • 16 JULHO 2018
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 18º

Edição

Cachorros resgatados de Chernobyl vão ser adotados

Estes 12 cães viviam nos 30 quilómetros em redor da central nuclear que compõem a zona de exclusão.

Cachorros resgatados de Chernobyl vão ser adotados
Notícias ao Minuto

23:44 - 16/05/18 por Fábio Nunes

Mundo Ucrânia

A organização de caridade Clean Future Fund resgatou 12 cães vadios que viviam na zona de exclusão de Chernobyl, na Ucrânia. Os cachorros vão ser levados para os Estados Unidos para serem adotados, mas primeiro vão passar por um período de 45 dias de quarentena, onde os níveis de radiação vão ser testados, explica o Metro.

Aliás, devido aos níveis de radiação os cães de Chernobyl não costumam viver mais de seis anos.

Mas como esta é apenas uma pequena percentagem dos cães vadios que vivem na zona em redor da central nuclear, a Clean Future Fund também pretende avançar com uma campanha de esterilização. O objetivo é esterilizar o maior número de cães possível de forma a reduzir a população de cães vadios na zona de exclusão.

Na sequência do desastre nuclear em 1986, os residentes da cidade de Pripyat deixaram a maioria dos animais de estimação para trás. Soldados foram enviados posteriormente para abater os animais contaminados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.