Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2019
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Alunos LGBT obrigados a ler a bíblia como castigo em escola nos EUA

Carta dirigida a superintendente garante que “ocorreu discriminação com base no sexo e na orientação sexual”. Caso vai a tribunal no próximo dia 24 de maio.

Alunos LGBT obrigados a ler a bíblia como castigo em escola nos EUA

Uma escola numa zona rural do estado norte-americano Oregon está a ser criticada depois de terem surgido acusações de que alunos LGBT foram obrigados a ler a bíblia devido à sua sexualidade.

As acusações surgiram na sequência da revelação do conteúdo de uma carta, divulgada pelo jornal local The Coos Bay World, dirigida ao superintendente da escola do distrito. Nesse documento, é denunciado que “ocorreu discriminação com base no sexo e na orientação sexual”.

O nome dos alunos visados não foi revelado. No entanto, o documento deixa claro que vários alunos foram obrigados a ler a bíblia como castigo, tendo um dos casos servido como punição por um aluno ter denunciado uma situação de assédio sexual.

Entretanto foi marcada uma audiência num tribunal do Oregon, para o próximo dia 24 de maio, para perceber se a escola foi conivente com os castigos aplicados aos alunos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório