Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 24º

Porque é que os mosquitos mordem algumas pessoas e ignoram outras?

Já reparou que os mosquitos parecem atacar freneticamente alguns indivíduos, ao mesmo tempo que ignoram outros. Pois, afinal não é impressão sua… Conheça as cinco razões possíveis para isto acontecer.

Porque é que os mosquitos mordem algumas pessoas e ignoram outras?
Notícias ao Minuto

20:50 - 02/04/18 por Liliana Lopes Monteiro

Lifestyle Mistério

"Não há dúvida que alguns indivíduos são mais atrativos para os mosquitos, devido a químicos segregados pela pele e até pela própria flora individual da derme de cada um", diz Joseph M. Colon, consultor técnico da Associação Norte-americana Mosquito Control.

O especialista apresenta as cinco razões que o tornam ou não num 'petisco' para estes seres:

Está grávida

Os mosquitos fêmea têm uma predileção por dióxido de carbono – os seus pequenos corpos contém nervos recetores capazes de detetarem este tipo de gás. Um estudo conduzido em 2002, provou que as mulheres no estádio final da gravidez, cerca de 28 semanas, exalam mais 21 por cento de dióxido de carbono, comparativamente a outras mulheres.

Está a transpirar profusamente

Praticar exercício ao ar livre ‘chama’ os mosquitos. O aumento da temperatura corporal torna-o mais atraente para estas criaturas, assim como a secreção de ácido láctico, caraterístico do suor.

O seu sangue é O positivo

Um estudo publicado no periódico Medical Entomology, concluiu que os indivíduos com este tipo de sangue, exalam odores específicos detetatos e apreciados pelos mosquitos.

Acabou de beber uma cerveja

Um estudo realizado pela publicação científica PLOS ONE, na África Ocidental, revelou que há uma correlação entre “o consumo de álcool, e sobretudo de cerveja, e a atração dos mosquitos em morder quem ingere estas bebidas”. Colon afirma que o motivo para tal acontecer ainda não é evidente.

Os seus genes tornam-o mais atraente

Estudos conduzidos em gémeos idênticos ou fraternos sugerem que há um mecanismo genético subjacente que fará com que seja ou não ‘comido’ pelos mosquitos na próxima vez que vá acampar. Uma equipa de cientistas da London School of Hygiene & Tropical Medicine, no Reino Unido, revelou que certas pessoas produzem uma substância natural que age como um repelente para os mosquitos, um traço que parece ser genético.

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório