Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

'Passerelle' foi discoteca para apresentação da coleção da Morecco

A 'passerelle' da ModaLisboa, no Pavilhão Carlos Lopes, transformou-se na sexta-feira à noite numa pista de dança para a apresentação da coleção para o próximo inverno da Morecco, de João Magalhães.

'Passerelle' foi discoteca para apresentação da coleção da Morecco
Notícias ao Minuto

09:10 - 10/03/18 por Lusa

Lifestyle ModaLisboa

Os convidados e jornalistas que assistiram na sexta-feira à apresentação da Morecco foram convidados a entrar numa discoteca improvisada onde dez manequins dançavam ao som de música 'techno', "uma das maiores inspirações de João Magalhães".'Néons' e luzes fluorescentes ajudavam a recriar o ambiente de uma discoteca.

Quanto à coleção, o 'designer' de moda João Magalhães optou por explorar "novos materiais e texturas", com estampados e peças bordadas à mão, "técnicas tradicionais que contrariam a produção industrial".

Na sexta-feira foram ainda apresentadas na ModaLisboa as coleções de Aleksandar Protic, Duarte e Carolina Machado.

Aleksandar Protic apresentou uma coleção "inspirada na personalidade da atriz Theda Bara, estrela, 'femme fatale' e uma das primeiras 'sex symbol' do cinema mudo". Para o próximo inverno, o 'designer de moda' optou pelo preto integral, com peças para mulher em materiais como lãs, sedas e algodão.

Duarte (de Ana Duarte) propõe para o inverno "uma viagem aos loucos anos 20". Na coleção 'Prohibition', as peças, tanto para homem como para mulher, vão buscar inspiração à década do 'glamour' e dos 'gangsters' nos Estados Unidos. Nos materiais, a 'designer' optou por trabalhar lã merino, algodão, 'neoprene' pelos e tecidos técnicos, em tons que vão do vermelho sangue de boi ao verde água, passando pelo azul marinho e o cinzento.

Carolina Machado levou à 'passerelle' do Pavilhão Carlos Lopes uma coleção que "é uma história de amor"

"Passionate" é, de acordo com a 'designer de moda', "um reflexo pessoal de todos os aspetos e fases envolvidas em relacionamentos românticos".

As peças, para mulher, transmitem "formalidade, sobriedade e feminilidade" em cores neutras, com apontamentos de vermelho e fúcsia. Nos materiais, Carolina Machado optou por lã, algodão, viscose, 'nylon' e pele sintética.

Na sexta-feira, os desfiles começaram com o concurso Sangue Novo, no qual competiram oito finalistas de cursos superiores de Design de Moda de escolas nacionais e internacionais e jovens 'designers' em início de carreira.

Filipe Augusto foi o vencedor desta edição, tendo o júri decidido ainda atribuir duas menções honrosas, a Rita Sá e Federico Protto.

A 50.ª edição da ModaLisboa continua até domingo, entre o Pavilhão Carlos Lopes e a Estufa Fria.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório