Meteorologia

  • 25 JUNHO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Mulheres. Pelos no queixo? Saiba porque não os deve ignorar

A explicação pode ser inocente, mas o crescimento de pelos no queixo também pode ser um sinal de que algo grave se passa com a sua saúde.

Mulheres. Pelos no queixo? Saiba porque não os deve ignorar
Notícias ao Minuto

23:02 - 24/02/18 por Liliana Lopes Monteiro

Lifestyle Medicina

O crescimento de pelos na zona do queixo é uma ocorrência relativamente comum e normal, sendo muitas vezes produto de algum tipo de desequilíbrio hormonal, explica a clínica britânica Dendy Engelman. Todavia, também podem ser um reflexo de que algo de errado se passa com a saúde da mulher.

Saiba quais são os sinais a que deve estar atenta, segundo a Engelman.

Genética

Ter pelos em excesso na zona do queixo pode ser simplesmente uma condição genética. Se a sua mãe ou avó os têm, o mais certo é acontecer-lhe o mesmo a si.

Desequilíbrio hormonal

As hormonas são muitas vezes as culpadas dos fenómenos ‘anormais’ que ocorrem no corpo, incluindo o aparecimento de pelos no queixo. A causa poderá ser, por exemplo, uma superabundância das hormonas masculinas androgénios.

Idade

A idade não perdoa. Os pelos tendem a crescer com a chegada da menopausa, já que nessa altura a mulher começa a produzir menos estrogénio. Ou mais tarde por volta dos 70, 80 ou 90 anos.

Síndrome de ovário poliquístico

Neste caso para além da questão estética, o crescimento de pelos no queixo é preocupante. O síndrome de ovário poliquístico pode impactar no sistema reprodutor feminino e hormonal. Para além do aumento de pelos no queixo, pode experienciar sintomas como períodos irregulares, ganho de peso e dificuldade em perdê-lo, infertilidade ou quistos nos ovários. Procure um médico.

Síndrome de Cushing

Este síndrome é provocado por estados de stress extremo, que levam à produção em excesso da hormona cortisol. A produção desta hormona também pode ser maior devido à toma de alguns tipos de medicação utilizada no tratamento de artrites ou de asma.

Hiperplasia Adrenal Congénita

Patologia extremamente rara, geralmente diagnosticada à nascença. É outra das causas para o crescimento de pelos no queixo.

Gravidez

Sim, a gravidez causa um grande impacto no corpo feminino. O crescimento de pelos nessa zona do corpo é normal durante o período gestacional, sendo geralmente algo temporário e que não reflete outras complicações.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.