Meteorologia

  • 19 FEVEREIRO 2018
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Porquê champô sólido?

É cada vez mais comum no mundo da beleza. Eis o que tem de saber antes de aderir à tendência.

Porquê champô sólido?
Notícias ao Minuto

09:30 - 22/01/18 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Champô sólido

Numa altura em que os produtos cruelty free e naturais ganham destaque, o champô sólido surge como 'must-have' a incluir nos essenciais de beleza.

Além da falta de químicos, que ajudam a 'desintoxicar' o cabelo dos produtos anteriormente usados, o champô sólido tem a vantagem de conservar o aspeto naturalmente brilhante e hidratado do cabelo já que, ao contrário dos champôs líquidos, não inclui SLS nem ALS, que impedem a produção de óleos naturais, deixando o cabelo seco e sem brilho (Lauriléter sulfato de sódio e de amónio são dois químicos desengordurantes presentes em muitos produtos de higiene e limpeza).

Como se não bastasse, os champôs sólidos ou em barra duram mais que os líquidos, resultando num 'win-win-win', já que é vantajoso para o ambiente, cabelo e carteira.

Mas a par de todo este cenário, e sem querer cortar desde já a relação dos leitores com este novo produto, o site Style Caster aponta o outro lado dos champôs em barra: a sua consistência cerosa torna mais propícia a hipótese de ganhar caspa, devido ao acumular de resíduos do próprio champô no couro cabeludo. Para o evitar, alguns seguidores do champô em barra usam vinagre de cidra de maçã para garantir que o cabelo fica brilhante e sem resíduos.

Além disso, os cabelos mais frisados podem sentir estranha a sensação de esfregar o champô sólido no couro cabeludo, que frequentemente resulta em 'frizz' ou cabelo emaranhado, pelo menos até o cabelo se habituar ao novo produto. A solução? Procure um amaciador igualmente natural e cruelty free que seja indicado ao seu tipo de cabelo e complete o processo de lavagem capilar.

Com estes alertar, resta-lhe passar pelo processo de tentativa e erro até encontrar o produto mais indicado a si. Seja paciente, o processo de adaptação pode durar até um mês. O site de moda e beleza clarifica a procura, apontando os dois tipos de champô sólido presentes no mercado:

Champô sólido processado a frio: são os típicos Home Made Champô Bars que encontra em feiras ou lojas com produtos locais. São maioritariamente produzidos com óleos naturais, o que ajuda a amaciar o cabelo, e são livres de SLS. A sua textura é normalmente bastante cerosa, o que carece do vinagre de cidra de maçã já referido.

Champô sólido à base de glicerina ou surfactante sólido: Embora façam menos espuma, tendem a ser mais suaves que os primeiros e com pH balançado (o ideal para o cabelo é um pH de cerca de 5.5, mas a maioria dos champôs conta com um valor entre 8 e 10). Contudo, pode não ser tão puro quanto os processados a frio, por isso atenção aos componentes.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.