Meteorologia

  • 22 MAIO 2018
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 18º

Edição

Vai correr? Deixe a sua cara-metade em casa

Correr acompanhado pode ser bom, mas há motivos por que não o deve fazer com o seu parceiro.

Vai correr? Deixe a sua cara-metade em casa
Notícias ao Minuto

23:05 - 14/01/18 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Corrida

Imagine-se nesta situação: começou a correr há pouco tempo, o seu parceiro corre quatro dias por semana, participa em corridas e está a preparar-se para a sua terceira maratona. Por que não juntarem-se para alguns treinos?

Se alguns o podem ver como algo de positivo para o casal, como um 'relationship goal', outros consideram o correr juntos como um entrave, já que o treino deve ser pessoal e não algo forçado que prejudique tanto a corrida como a vida a dois.

Quem defende esta ideia é Joan Duda, professora especialista em motivação para desporto e exercício da Universidade de Birmingham que expôs o assunto no The Guardian. A especialista começa por explicar que um parceiro de corrida é de facto positivo, já que sustenta e motiva a atividade física.

Contudo, a corrida, tal como qualquer treino, deve basear-se em três fatores: competência, autonomia e sentimento de pertença – é da junção destes três pilares, ou da incompatibilidade entre eles, que pode surgir o problema.

Quando corremos, devemos definir um objetivo e sentimo-nos competentes e autónomos sobre este objetivo, sobre o qual temos voz e escolha, alerta Duda. Além desta autonomia, é importante não descurar o sentimento de pertença a um pequeno grupo, neste caso, para com o seu parceiro de corrida que deve apoiar sem julgar.

Se todos estes aspetos estiverem bem definidos, correr acompanhado pode ser bastante benéfico, contudo, Joan Duda alerta para a frequente tensão, que distrai o casal dos fatores em que se deve basear durante o treino como o julgamento ou competição que se sobrepõem à autonomia.

A ilustrar a separação entre treino pessoal e vida de casal, a especialista recorda o caso extremo de uma paciente que é casada com um personal trainer que conta com um ginásio completo em casa. Quando decidiu que queria treinar, a paciente de Duda nem pensou duas vezes e inscreveu-se num ginásio que não o do seu marido.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.