Meteorologia

  • 21 ABRIL 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Os nutrientes a ter em conta para um sistema imunitário reforçado

Da proteína ao zinco, eis o que não pode faltar.

Os nutrientes a ter em conta para um sistema imunitário reforçado
Notícias ao Minuto

07:25 - 13/12/17 por Daniela Costa Teixeira

Lifestyle Dicas

Todos os nutrientes têm um papel determinante na boa saúde, mas na hora de reforçar o sistema imunitário e construir um escudo protetor contra agressões externas, como o frio que se tem feito sentir nos últimos dias, existem nutrientes que merecem destaque.

É o caso da proteína, seja ela de origem animal ou vegetal - sim, incluem-se, aqui, as carnes magras, os caldos de osso, o peixe, os ovos, os frutos secos, as sementes, as leguminosas e o abacate. Este macronutriente fornece os determinados aminoácidos capazes de reparar os danos nos tecidos e combater infeções, incluindo as infeções respiratórias que teimam em aparecer no inverno. Além disso, desta o The Washington Post, a proteína é fundamental para baixar os níveis inflamatórios.

A ingestão de água é também um requisito mínimo para um sistema imunitário eficaz, uma vez que a hidratação adequada do organismo tem um papel determinante em todo o funcionamento do mesmo.

Como não poderia deixar de ser, e tudo graças ao seu poder antioxidante e lutador contra radicais livres, também a vitamina C deve constar no menu diário, podendo ser obtida na laranja ou outros frutos cítricos, no pimento, nos vegetais de folha verde, no morango e nos brócolos, por exemplo.

Por reforçar o sistema imunitário, mas também por baixar o risco de infeção e ainda estimular a presença de colagénio (fundamental para a pele 'sobreviver' ao frio), a vitamina A - presente no salmão, nos ovos, na meloa, nos vegetais de folha verde, na abóbora e na batata-doce - é um outro nutriente a ter em conta, tal como a vitamina D, embora os níveis de sol sejam menores assim que as estações frias chegam. Apesar de o sol ser a fonte de excelência deste nutriente, a verdade é que é possível obtê-lo (em menores quantidades) nos ovos, no leite, no salmão ou em alimentos fortificados.

Ainda no que diz respeito ao poder vitamínico, as vitaminas do complexo B - presentes nos alimentos de origem animal, nos cereais integrais e ainda nos vegetais de folha verde escura - são fundamentais para a reparação dos tecidos e para um impulso celular. E como a boa saúde depende do bom sangue, nada como apostar na vitamina K, que se encontra em abundância nos vegetais de folha verde escura.

No que diz respeito aos minerais, o primeiro destaque da publicação norte-americana vai para o zinco, que ajuda a criar e a ativar os glóbulos brancos, estimulando ainda a produção de colagénio. Presente nas ostras, na carne vermelha (embora o seu consumo deva ser moderado), no frango, nos feijões, nos espinafres, nos frutos secos e nas sementes de abóbora, este mineral tem ainda um papel protetor dos antioxidantes.

As castanhas do Pará, o peru e o frango, por exemplo, são excelentes fontes de selénio, um mineral com alto poder antioxidante que protege o sistema imunitário.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.