Meteorologia

  • 25 JULHO 2017
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

Oito técnicas infalíveis para aumentar o desejo sexual feminino

O primeiro passo é conversar.

Oito técnicas infalíveis para aumentar o desejo sexual feminino
Notícias ao Minuto

21:14 - 16/07/17 por Notícias Ao Minuto

Lifestyle Casal

Não ter apetite sexual em determinados momentos é uma situação normal, mas quando o desejo diminui de uma forma drástica e inexplicável, é possível que algo de errado possa estar a acontecer.

Segundo estudo divulgado na conferência da British Sociological Association, um terço das mulheres sente menos desejo sexual do que os parceiros do sexo oposto, uma situação que pode estar à mercê de um sem número de fatores, como a variação hormonal, o stress, o cansaço e até mesmo a alimentação.

Mas nem tudo está perdido e desistir à primeira dificuldade não é, de todo, um caminho a seguir, até porque existem formas bastante cómodas, práticas e eficazes de voltar a sentir apetite sexual. De acordo com o site IG Delas, estes são os passos a seguir:

1. Conversar. Segundo a educadora sexual Cátia Damasceno, os "casais que conversam tendem a ter mais vontade de fazer sexo";

2. Dar espaço às preliminares. Os momentos que antecedem o sexo são fundamentais para o homem e para a mulher, sendo que, no caso delas, é uma das formas mais eficazes de excitar e lubrificar a região vaginal, tornando a penetração mais prazerosa;

3. Cuidar do corpo. Estar bem com o próprio corpo é meio caminho andado para não se deixar inibir e para se sentir mais confiante, um dos aspetos mais importantes para o desejo sexual;

4. Comer bem. Uma vez que as hormonas têm muito a dizer no apetite sexual, torna-se cada vez mais importante fazer uma alimentação saudável e equilibrada, até porque as comidas pesadas e oleosas condicionam por completo a libido, segundo a nutricionista Jéssica Berto;

5. Conhecer o corpo. Além de cuidar do corpo (com uma boa alimentação e a prática de exercício físico) é igualmente determinante conhecê-lo e saber quais são as partes mais propensas a estímulos sexuais;

6. Desligar o 'botão' do stress. A correria do dia a dia e o aumento de problemas pessoais e laborais tornam a pessoa mais stressada, aumentando a produção de adrenalina e diminuindo a libido. “Tente sempre desacelerar e relaxar antes de iniciar uma relação”, sugere Cátia.

7. Aprender. Não há mal algum em querer saber mais sobre sexo, aliás, o saber não ocupa lugar e pesquisar sobre o tema pode mesmo ser uma forma de ganhar mais vontade de pôr em prática toda a teoria.

8. Deixar o pudor de lado. Quanto mais segurança melhor.

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório