Mindfulness é benéfico para as mulheres, mas nem tanto para os homens

Estudo sugere que esta técnica não foi feita para as emoções dos homens.

© iStock
Lifestyle Estudo

A técnica de meditação mindfulness (ou atenção plena) ensina as pessoas a concentrar-se nas suas sensações e emoções presentes. Mas será igualmente benéfica para mulheres e homens?

PUB

Um estudo realizado pela Brown University avisa que não e conclui, depois de analisar um curso de 12 semanas de mindfulness com homens e mulheres, que esta técnica está desenhada para atender apenas às emoções femininas estereotipadas.

Apesar de vários estudos sugerirem que esta prática pode ajudar a combater a depressão, a fadiga, algumas doenças físicas e melhorar a postura, o estudo alerta que ninguém testou como é que estes efeitos podem ser diferentes nos homens e nas mulheres.

O estudo concluiu que com as aulas de mindfulness as mulheres sentiam uma mudança significativa no seu estado emocional, mas os homens só notavam mudanças mínimas.

Como reporta o Daily Mail, o mindfulness como o conhecemos hoje é ideal para as mulheres, que estereotipicamente matutam nas coisas. A prática ensina-as largar o passado e o futuro, e focar-se no agora.

Uma vez que, tipicamente, os homens já são mais focados no presente, as aulas de mindfulness foram consideradas pelos investigadores algo relativamente fútil.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser