Uma aspirina por dia diminui o risco de cancro e doenças cardiovasculares

Estudo concluiu que uma aspirina por dia diminui o risco de cancro e de doenças cardiovasculares e aumenta a esperança de vida.

© iStock
Lifestyle Estudo

Estudo realizado pela Universidade do Sul da Califórnia só com americanos revela que mais pessoas chegarão aos 80 anos se começaram a tomar uma pequena dose de aspirina por dia a partir dos 60 anos.

PUB

Conclui que estas pessoas, ao tomar aspirina diariamente, reduzem o risco de sofrer de cancro e de doenças cardiovasculares.

Como reporta o Daily Mail, estas descobertas feitas pelos investigadores da Universidade do Sul da Califórnia contradizem os receios da FDA - Food and Drug Administration – de que os norte-americanos mais velhos enfrentem um risco aumentado de AVC e hemorragia cerebral e no estômago se tomarem aspirina diariamente.

Usando dados dos inquéritos nacionais os investigadores, liderados por David B. Agus, descobriram que uma pequena dose diária de aspirina previne 11% dos casos de doenças cardiovasculares e quatro casos de cancro em cada mil norte-americanos entre os 51 e os 79 anos. Já a esperança de vida poderá melhorar em 0,3 anos, fazendo com que mais oito norte-americanos cheguem aos 80 anos e três aos 100 anos.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS