Licor made in Póvoa de Lanhoso com prata e ouro soma prémios

Um licor "made in" Póvoa de Lanhoso, que mistura várias frutas e especiarias com flocos de ouro e prata comestíveis, já somou este ano três prémios internacionais e já está a ser exportado, informou hoje a responsável pela produção.

© Facebook Likoris & Aromatikus
Lifestyle Likoris

Natália Pereira disse à Lusa que o mais recente prémio do Likoris foi uma Medalha de Bronze em Londres, no The International Wine and Spirit Competition (IWSC), que classificou como "um dos concursos com mais prestígio do mundo" da categoria.

PUB

"É um produto único e inovador, que entrou muito bem no mercado gourmet nacional e que também já está a chegar a alguns país da Europa", acrescentou.

Segundo Natália Pereira, aquele licor é feito com várias frutas e especiarias e é "enriquecido" com mel puro e flocos de ouro e prata comestíveis.

Tem apenas 18 por cento de álcool e não possui qualquer ingrediente alergénio.

Em setembro, foi distinguido no Reino Unido com uma Estrela no concurso Great Taste Awards.

No primeiro trimestre do ano, recebeu a medalha de prata no concurso ProSpirit -- Premium Select Spirits International 2016, promovido pela Selection Das Genussmagazin, na Alemanha.

Além disso, alcançou ainda 91 pontos, numa escala de 1 a 100, numa prova cega feita pelo especialista Andreas Larsson, arrecadando o 4.º lugar no seu Ranking Top Licor Spirits.

O Likoris foi lançado há um ano e nasceu do gosto pelas experiências sensoriais da enóloga Natália Pereira.

É produzido na fábrica que abriu há dois anos em Póvoa de Lanhoso, de onde também saem para o mercado mel com ouro, chocolate de licor de ouro e prata, azeite biológico, cerveja artesanal e compotas biológicas.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS