Cientistas descobrem os genes 'responsáveis' pelos calores na menopausa

Durante a menopausa as mulheres podem sofrem até 20 vezes por dia com calores e suores repentinos.

© iStock
Lifestyle Estudo

Os calores diurnos e os suores noturnos, que podem surgir até 20 vezes por dia, provocam desconforto e até vergonha às mulheres que estão na menopausa. Mas uma nova descoberta pode ser o início de um tratamento.

PUB

Um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia descobriu 14 variantes de gene ligadas a este sintoma típico da menopausa. Espera-se que esta descoberta dos genes ‘responsáveis’ por estes suores e calores possa no futuro trazer novos tratamentos para este problema, além da terapia de substituição hormonal.

Como reporta o Daily Mail, estas diferenças nos genes afetam um recetor no cérebro que regula a libertação de estrogénio.

A principal investigadora deste estudo, Dra. Carolyn Crandall conta que “nenhum estudo anterior se havia focado em como as variantes nos genes da mulher podem estar ligadas aos calores”.

Para este estudo os cientistas examinaram dados de 17695 mulheres em pós-menopausa, entre os 50 e os 79 anos, que além de terem dado informações sobre os calores e suores noturnos que tinham deram amostras do seu ADN.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS