Sabe preparar um bife? Eis os nove erros comuns a evitar

O chef da casa de bifes mais antiga de Wall Street revela os erros que as pessoas tendem a cometer quando cozinham bifes e o que deve fazer para garantir que comer um bife divinal.

© iStock
Lifestyle Culinária

Se é apreciador de carne vermelha certamente admite que não há muitas coisa tão saborosas como um bife suculento. Mas, apesar de parecer um prato simples, há alguns segredos para conseguir um bife delicioso.

PUB

Desde o frigorífico até ao prato, Billy Oliva, chef da casa de bifes mais antiga de Wall Street, Delmonico’s, aberta em 1837, revelou ao Business Insider os erros comuns a evitar se quer ter um bife perfeito:

1. Cozinhar um bife acabado de sair do frigorífico. Billy revela que no restaurante cozinham os bifes à temperatura ambiente para conseguir que cozinhe de forma mais homogénea. Se estiver muito frio as extremidades vão ficar queimadas e o meio do bife vai ficar mais mal passado do que é suposto.

2. Colocar o bife num tacho ou grelhador que ainda não está muito quente. Se não deixar o tacho ficar bem quente não conseguirá que o bife fique caramelizado e acabará com um bife ‘cozido’.

3. Ter medo de ‘apagar’ o bife com o tempero. Billy destaca que se deve temperar ambos os lados do bife com sal e uma mistura de pimentas acabadas de moer.

4. Deixar o bife ao lume durante demasiado tempo. Ao grelhar um bife, caramelize-o rapidamente e mova-o para o lado - a menos que queira um pedaço de carne carbonizada – ou para o forno morno.

5. Espetar o bife com um garfo para ver se está pronto. Assim que espeta o bife este irá largar todo o sangue, sucos e sabor que estava na carne. Deixe essa técnica para os bolos...

6. Virar o bife várias vezes. A ideia é ‘queimar’ a parte exterior do bife e selar todo o sabor no seu interior por isso deve colocá-lo de um lado, deixar caramelizar e virar apenas uma vez para fazer o mesmo do outro lado. Virar o bife a cada dois minutos afasta-o da superfície quente acabando por estragar o processo.

7. Pressionar a carne contra o tacho. Billy diz que exercer pressão sobre a carne é quase tão mau como picá-la com o garfo, pois quanto mais pressiona a carne mais gordura – que aqui significa sabor – vai perder.

8. Servir o bife diretamente do tacho ou do grelhador. Depois de cozinhar a carne deve deixá-la repousar, durante cerca de dez minutos, para que os sucos se concentrem no centro do bife.

9. Esquecer-se de voltar a temperar o bife antes de servir. Grande parte do tempero perde-se durante o processo de preparação da carne, por isso deve salpicar um pouco mais de sal e pimenta no bife antes de o servir.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS