A linguagem corporal que as pessoas emocionalmente inteligentes evitam

A forma como agimos e os movimentos que fazemos com o corpo dizem mais sobre nós do que as nossas próprias palavras.

© iStock
Lifestyle Comportamento

É sabido que algumas pessoas têm um especial cuidado com a imagem, com a postura, com aquilo que dizem e também com a forma como se comportam. A linguagem corporal é uma das principais chaves do êxito e as pessoas bem-sucedidas são as que melhor uso fazem desta ferramenta comunicativa.

PUB

O site TalentSmart testou mais de um milhão de pessoas e descobriu que o bom uso da linguagem corporal anda de mão dada com a inteligência emocional, a capacidade de responder de forma inteligente às próprias emoções e às emoções dos outros, sem se deixar levar ou influenciar por sentimentos.

De acordo com a pesquisa feita, citada pelo Hunffington Post, as pessoas emocionalmente inteligentes são aquelas que mais cuidado têm com a forma como agem e, por isso, excluem da sua forma de estar alguns dos comportamentos mais comuns, mas que podem passar uma imagem negativa. São eles:

1 – Desleixo. Se há coisa que as pessoas com inteligência emocional evitam é a postura que espelhe o desleixo, uma vez que acreditam ser um sinal de desrespeito.

2 – Gesticular em excesso. Não é por se levantar muito os braços ou por ‘fazer peito’ que os argumentos ganham força, pelo contrário.

3 – Olhar para o relógio. Por muito entediado que esteja ou por muita pressa que tenha, uma pessoa emocionalmente inteligente nunca olha para o relógio quando fala com terceiros, uma vez que este é um hábito que espelha impaciência, desrespeito e um ego inflamado.

4 – Virar costas. Mesmo quando a conversa não é do interesse, este tipo de pessoa não vira costas nem tão pouco mostra desconforto ou desconfiança quanto à credibilidade daquilo que ouve.

5 – Cruzar os braços. Por muito confortável que seja esta postura, é sempre um sinal de tédio e de falta de vontade em ouvir o que os outros dizem.

6 – Falta de coerência entre as palavras e os atos. Este é um dos aspetos que as pessoas bem-sucedidas mais evitam, uma vez que podem tirar-lhes toda e qualquer credibilidade.

7 – Abanar constantemente com a cabeça em tom afirmativo. Até se pode concordar com aquilo que se ouve, mas abanar a cabeça nesse sentido de forma constante pode ser um sinal de ansiedade.

8 - Mexer no cabelo ou na barba. Todo e qualquer sinal de ansiedade ou impaciência é evitado ao máximo.

9 – Evitar o contacto visual. Uma pessoa emocionalmente inteligente não tem qualquer problema em olhar nos olhos quando fala ou quando ouve.

10 – Olhar fixamente. Embora se sinta à vontade em manter o contacto visual, este tipo de pessoa sabe que o olhar fixo pode causar desconforto, por isso, evita-o.

11 – Rodar os olhos. Este é um outro aspeto que as pessoas emocionalmente inteligentes evitam uma vez que não só espelha tédio como pode ser entendido como uma falta de respeito.

12 – Usar o telemóvel. Não há nada pior do que usar o telemóvel quando se está a ouvir alguém.

13 – Aperto de mão demasiado intenso. Um ‘passou-bem’ firme é sinal de confiança, mas um aperto de mão demasiado intenso pode revelar ansiedade ou desconforto.

14 – Estar de punhos cerrados. Tal como estar de braços cruzados, o punho cerrado é sempre um sinal de tédio e de falta de vontade em ouvir o que os outros dizem.

15 – Estar demasiado perto. Não dar uma certa distância a quem fala ou ouve pode causar desconforto.

Clique aqui e fique a saber se é uma pessoa emocionalmente inteligente.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS