Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Sestas demasiado longas relacionadas com diabetes tipo 2

Dormir mais do que o devido numa sesta pode ser um indicador claro (e alarmante) de diabetes tipo 2.

Sestas demasiado longas relacionadas com diabetes tipo 2

Uma investigação da Universidade de Tóquio (Japão) junto a mais de 307 mil pessoas vem traçar uma relação grave e alarmante entre o tempo de sesta e o risco de diabetes tipo 2.

De acordo com o estudo, apresentado na Associação Europeia para Estudos da Diabetes e citado pela BBC, dormir mais do que o devido numa sesta é um sinal claro (e alarmante) de diabetes tipo 2, podendo ser um indício para um melhor e mais precoce diagnóstico da doença.

Conta a BBC que os investigadores japoneses notaram que dormir mais de 60 minutos numa sesta está relacionado com um aumento de 45% do risco de diabetes tipo 2, podendo este tempo elevado de sesta estar ainda associado à apneia do sono – distúrbio que pode provocar problemas de coração e doenças metabólicas, como a própria diabetes tipo 2. A tendência para se dormir mais na sesta pode ser ainda um sinal de má alimentação e sedentarismo, duas condições associadas ainda à obesidade (que anda de mão dada com este tipo de diabetes).

Embora a sesta prolongada tenha sido classificada como um possível indício da doença de estilo de vida, não dormir ou dormir menos de 40 minutos numa sesta não foi associado à doença.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório