Meteorologia

  • 04 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Argentinos são os mais barrigudos da América do Sul

A obesidade e excesso de peso são, normalmente, associados a países da Europa e à América do Norte, em especial aos Estados Unidos, contudo, uma investigação recente da Organização Mundial de Saúde vem mostrar que esta ‘epidemia do século XXI’ também já chegou à América do Sul.

Argentinos são os mais barrigudos da América do Sul

Depois de analisar 193 países em todo o mundo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) vem lançar o alerta para a expansão da obesidade e do excesso de peso. Conta a BBC que o organismo detetou que esta ‘epidemia moderna’ afeta cada vez mais pessoas na América do Sul, em especial na Argentina.

De acordo com a investigação, mais de 60% da população da Argentina tem peso a mais. Também o Chile, a Venezuela e o Uruguai apresentam valores preocupantes. Contudo, este problema de peso na Argentina vem já desde 2010, ano em que foram detetados os primeiros números preocupantes.

No ano passado, conta a BBC, 63,9% dos argentinos tinha excesso de peso, sendo que 23,6% foram já classificados obesos por terem um índice de massa corporal (IMC) acima dos 30 – o valor recomendado para um adulto varia entre os 25 e os 30.

A carne, indica a publicação, pode ser a principal causa para este aumento de peso e de barriga nos argentinos. Em médica, cada homem da Argentina consome perto de 59 quilos de carne por ano, ao invés da fruta e vegetais, em que o consumo não se aproxima sequer da metade do que é recomendado pelos organismos de saúde locais e internacionais.

As bolachas e as bebidas com gás são outros dos pecados mais comuns entre os argentinos e dois dos principais causadores de gordura abdominal. De acordo com os dados que a Sociedade Argentina de Nutrição forneceu à BBC, cada argentino come cerca de 15 quilos de bolachas por ano. Já um levantamento da Euromonitor indica que, em média, um argentino bebe 131 litros de refrigerantes por ano.

E tudo isto pesa na quantidade de calorias ingeridas diariamente. Enquanto um adulto deve consumir entre 2.000 a 2.500 calorias por dia, os argentinos conseguem fazer a proeza de se aproximar das 4.000 calorias diárias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório