Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 26º

Procure alternativas para estes 'maus' alimentos, aconselha cardiologista

Pelo bem da saúde do seu coração, o melhor é evitar este tipo de ingredientes. Veja o que está em causa.

Procure alternativas para estes 'maus' alimentos, aconselha cardiologista
Notícias ao Minuto

22:01 - 03/06/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Alimentação

"As doenças cardíacas e os acidentes vasculares cerebrais continuam a ser as maiores causas de morte no mundo ocidental", revela o cardiologista Neil Srinivasan ao The Telegraph. A dieta que faz acaba por ser uma das grandes causas para este tipo de problemas.

A saúde do seu coração agradece que evite certo tipo de sugestões. Ao jornal, o cardiologista explica o que deve evitar e a melhor alternativa a consumir. Saiba tudo.

Leia Também: Cientistas descobrem oito hábitos que diminuem o risco de morte precoce

Cereais açucarados

"Estes alimentos passam por diversos processos durante o processo de fabrico", explica. Em alternativa sugere que opte por frutas frescas, iogurte natural ou pão integral.

Salame

E o mesmo acontece para outro tipo de carnes processadas. "São particularmente prejudiciais para o colesterol e para as doenças cardíacas." Troque por bulgur, cevada ou massa integral.

Batatas fritas

"São ricas em gorduras trans e sódio, e pobres em potássio e fibra alimentar." Pode optar por consumir frutos secos ou azeitonas.

Gelados

"Mais uma vez, passam por diversas etapas durante o processo de fabrico." Troque por frutas frescas ao longo do dia.

Refrigerantes

"Deve eliminar totalmente as bebidas açucaradas." Como alternativa tem sempre a água. Sugere que junte alguns aromas.

Leia Também: Médico revela alimentos amigos do coração. Vai na volta, já tem em casa

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório