Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 13º MÁX 26º

Novo medicamento pode aliviar sintomas da menopausa, revela estudo

O fármaco conseguiu aliviar a perda óssea e o ganho de peso. Saiba o que diz um novo estudo.

Novo medicamento pode aliviar sintomas da menopausa, revela estudo
Notícias ao Minuto

08:00 - 04/04/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Menopausa

Chama-se Pool 7, Compound 3 (P7C3) e é um novo medicamento que pode vir a ser usado para tratar alguns dos sintomas da menopausa. Os primeiros resultados mostram-se promissores, segundo uma investigação da University of Central Florida, nos Estados Unidos.

"Os medicamentos atuais administrados para prevenir a perda óssea pós-menopausa têm como alvo células ou proteínas específicas. Tendem a causar problemas após o uso prolongado ou através de complicações secundárias noutros tecidos do corpo", revela à Fox News Melanie Coathup, uma das responsáveis pelo estudo.

Leia Também: Menopausa precoce. 12 sintomas a que deve prestar atenção

Os resultados da investigação foram publicados na revista Advanced Science. "Há uma lacuna significativa nas formas de ajudar clinicamente as mulheres após a menopausa. O P7C3 pode dar esperança de que uma nova alternativa esteja no horizonte."

"Os ossos permaneceram fortes. Era mais difícil quebrá-los com uma máquina, apesar dos nossos modelos terem pouco ou nenhum estrogénio", continua. E existem mais pontos positivos.

"Uma conclusão importante é que o P7C3 pode não apenas causar menos efeitos colaterais indesejados, mas também melhorar a saúde de muitos tecidos, além dos ossos e da gordura."

Leia Também: Saiba como fortalecer os ossos durante a menopausa

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório