Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 21º

Novo festival quer elevar combinação entre vinho de talha e gastronomia

Irá acontecer em março na vila de Vidigueira, distrito de Beja, foi hoje anunciado.

Novo festival quer elevar combinação entre vinho de talha e gastronomia
Notícias ao Minuto

16:31 - 21/02/24 por Lusa

Lifestyle Eventos gastronómicos

A combinação entre o vinho de talha, 'ex-líbris' do Alentejo, e a gastronomia vai estar em foco durante um novo festival que se realiza em março na vila de Vidigueira, distrito de Beja, foi hoje anunciado.

Denominado 'Talha à mesa', o festival gastronómico é organizado pela Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito e vai decorrer, nos dias 23 e 24 do próximo mês, nas instalações deste produtor vitivinícola naquela vila alentejana.

Leia Também: É fã de 'Indiana Jones'? Vai gostar deste novo 'escape room'

Segundo os promotores, o evento, para o qual foram convidados os chefes de cozinha com ligações ao Alentejo José Júlio Vintém, João Mourato e Pedro Mendes, tem como objetivo "elevar o papel do vinho de talha na gastronomia portuguesa".

Ao longo dos dois dias de festival, realçou a Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito, os chefes "têm a tarefa de impressionar os visitantes com as suas sugestões de comidas que combinam harmoniosamente com os vinhos oriundos das talhas".

Além de almoços e jantares vínicos, o programa inclui 'showcookings' na vinha e na adega, 'masterclasses' de vinhos de talha e bar de vinhos de talha, entre outras atividades relacionadas com a temática.

O programa do festival, a decorrer entre as 11h00 e as 22h00 do dia 23 de março e as 11h00 e as 15h00 do dia 24, abarca ainda outras iniciativas que vão permitir aos visitantes participar e contactar com os chefes.

Leia Também: Enóphilo Wine Fest realiza-se pela primeira vez no Algarve

"A ideia é que o evento seja didático e incuta no consumidor a vontade de explorar as potencialidades gastronómicas do vinho de talha", refere Luis Gradíssimo, da organização do evento, citado num comunicado da adega.

A produção de vinho de talha, processo característico do Alentejo que remonta ao tempo dos romanos, foi inscrita, no final de 2023, no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial (INPCI), após proposta da Câmara de Vidigueira.

O vinho de talha distingue-se essencialmente pelo facto de fermentar de modo ancestral e espontâneo na talha, através do contacto com o barro, ao invés de em cubas, o que lhe confere características únicas.

Leia Também: Já falta pouco para o Festival Internacional de Chocolate de Óbidos

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório