Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 22º

'Designers' de moda ucranianos apresentam coleções na ModaLisboa em março

Tudo acontece no âmbito de um protocolo com a Semana da Moda Ucraniana, que não se realiza desde a invasão russa, em fevereiro de 2022.

'Designers' de moda ucranianos apresentam coleções na ModaLisboa em março
Notícias ao Minuto

16:07 - 15/02/24 por Lusa

Lifestyle ModaLisboa

O calendário da 62.ª ModaLisboa, que acontece entre 07 e 10 de março no Pátio da Galé, no Terreiro do Paço, hoje divulgado pela organização, inclui, no último dia, a "Suppport Ukranian Designers Initiative", "um momento que resulta do protocolo entre a Associação ModaLisboa e a Ukrainian Fashion Week [Semana da Moda Ucraniana], que não se realiza no seu país de origem desde o início da invasão russa, para comunicar criativos ucranianos que continuam a trabalhar, mesmo debaixo de ameaça constante".

A Associação ModaLisboa refere que, desde 2022, a organização Ukranian Fashion Week "tem apoiado os seus 'designers' estabelecendo parcerias com Semanas de Moda internacionais como Londres ou Copenhaga".

Em Lisboa, serão apresentadas as coleções de Darja Donezz, Omelia e Nadya Dzyak. A Rússia invadiu a Ucrânia a 24 de fevereiro de 2022.

A guerra na Ucrânia já provocou dezenas de milhares de mortos de ambos os lados, mas não conheceu avanços significativos no teatro de operações nos últimos meses.

As últimas semanas foram marcadas por ataques aéreos em grande escala da Rússia contra cidades e infraestruturas ucranianas, enquanto as forças de Kiev têm visado alvos em território russo próximos da fronteira e na península da Crimeia, ilegalmente anexada em 2014.

Leia Também: Aponte na agenda. Já há datas para a nova edição da ModaLisboa

A 62.ª edição da ModaLisboa, que acontece sob o tema "For Good", é representada por 18 nomes, entre os quais a 'designer' de moda Ana Salazar, a maquilhadora Antónia Rosa, a atriz Joana Ribeiro, a apresentadora Catarina Furtado ou o músico Alex D'Alva Teixeira, "escolhidos enquanto símbolos das indústrias criativas, intrinsecamente ligadas às várias comunidades que constroem a ModaLisboa".

"Todas as suas práticas partilham, além de um ecossistema cultural, uma mensagem: FOR GOOD. Fazer o bem enquanto resposta aos desafios da contemporaneidade, sim, mas também enquanto missão e intenção definitiva ao Design, à cidade, às pessoas, ao planeta", lê-se num comunicado divulgado na semana passada pela Associação ModaLisboa.

O último dia da 62.ª edição coincide com a data das eleições legislativas em Portugal, por isso, a organização "encarou como seu dever fazer todos os esforços para alterar as datas do evento, sem sucesso devido à indisponibilidade de espaços na cidade, o calendário internacional em que a Lisboa Fashion Week [Semana da Moda de Lisboa] se insere e o compromisso para com os seus designers e parceiros".

"Desta forma, a ModaLisboa está a veicular junto das suas equipas a informação oficial quanto ao processo de voto antecipado em mobilidade, e incentiva todos os visitantes do evento a exercer o seu direito de voto antes de se deslocarem ao Pátio da Galé, porque para ser concretizado, FOR GOOD terá de ser transversal a todas as práticas", refere a organização.

O calendário da 62.ª edição inclui, além dos designers de moda ucranianos, a apresentação das coleções de Luís Carvalho, Dino Alves, Carlos Gil, Luís Buchinho, Gonçalo Peixoto e Kolovrat, entre outros.

Leia Também: Vem rapidamente, primavera. Na Kiko Milano já há flores por todo o lado

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório