Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 22º

Parecem inofensivos, mas estes hábitos podem aumentar o risco de demência

A verdade é que afetam a saúde do seu cérebro. Veja como pode proteger-se e evitar o declínio cognitivo.

Parecem inofensivos, mas estes hábitos podem aumentar o risco de demência
Notícias ao Minuto

07:54 - 10/01/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Demência

A saúde do seu cérebro pode entrar em declínio e nem se apercebe disso. Existem hábitos comuns, e aparentemente inofensivos, que podem acabar por ter consequências e aumentar o risco de demência.

O agregador de blogues HuffPost falou com a psicóloga Blair Steel para perceber os erros que está a cometer e que podem levar ao declínio cognitivo. Saiba com o que deve ter cuidado.

Leia Também: É o fim de "problema histórico"? Cérebro 'ganha' com cirurgia bariátrica

1- Ficar sentado durante muito tempo

"Estar inativo afeta o cérebro. Assim como outros músculos, é bom saber: se não usá-lo, está a perder", conta Blair Steel.

2- Não socializar o suficiente

"Passamos muitas horas nas redes sociais, mas isso provavelmente não estimula a experiência de conexão do cérebro tanto quanto a socialização pessoal."

3- Dormir pouco

"Evite ecrãs e luz depois de uma certa hora e tente não usar o telefone se o seu sono for interrompido."

4- Muito stress

"Pode levar ao declínio cognitivo devido aos elevados níveis de cortisol."

5- Consumir álcool em excesso

"Pode levar a danos cerebrais."

6- Ter uma dieta desequilibrada

"Uma dieta rica em alimentos ultraprocessados ​​pode aumentar o risco de demência."

Leia Também: Alzheimer. Medicamentos poderão chegar mais depressa ao cérebro

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório