Meteorologia

  • 24 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Se vir um bacalhau assim, não o compre. Pode estar estragado

A Deco explica.

Se vir um bacalhau assim, não o compre. Pode estar estragado
Notícias ao Minuto

21:32 - 30/11/23 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Alimentação

Acha que sabe avaliar a aparência do bacalhau? Provavelmente, há aspetos que não tem em conta, mas devia. "Não compre bacalhau salgado seco com defeitos visíveis e evite as peças muito húmidas. Para avaliar este aspeto quando compra um peixe inteiro, segure-o pelo corpo e deixe cair a cauda. Se dobrar, é sinal de que tem água em excesso", explica um artigo da  Deco - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

Mas há mais. Manchas vermelhas e um pó fino e cinzento, branco ou amarelo no bacalhau podem ser sinais de problemas de conservação. Como tal, "acarretam um possível risco de toxi-infeção alimentar". "Peixe mal escalado ou com fendas profundas, excesso ou deficiência de sal, aspeto pegajoso ou cozido, coágulos, manchas de sangue e/ou de fígado indicam má preparação", acrescenta.

Bacalhau com parasitas também é para dispensar, claro. "Mesmo sem vida, podem causar alergias em consumidores sensíveis", alerta a Deco.

Leia Também: Andámos a vida toda a desperdiçar as cascas da banana

No caso do bacalhau congelado, repare bem nas embalagens. "Preste atenção à coloração do bacalhau e evite as embalagens com gelo solto."

Na compra de bacalhau salgado seco inteiro atente no peso na balança. "O bacalhau crescido deve ter entre um e dois quilos", diz a Deco. "Se pesar menos, pertence a uma classe inferior: o bacalhau corrente, em geral, mais barato."

Leia Também: Se quer eliminar o açúcar do sangue naturalmente, aposte neste alimento

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório