Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 23º

Vacina de RNA mostra resultados promissores contra cancro do pâncreas

Em parceria com a farmacêutica BioNTech, um grupo de investigadores americanos conseguiu evitar a remissão do cancro em metade dos doentes.

Vacina de RNA mostra resultados promissores contra cancro do pâncreas
Notícias ao Minuto

08:26 - 11/05/23 por Notícias ao Minuto

Lifestyle doenças oncológicas

Um grupo de investigadores do Memorial Sloan Kettering Cancer Center, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, defende que a tecnologia utilizada na vacina de RNA mensageiro consegue evitar a remissão de um tipo de cancro.

O estudo, publicado na revista científica Nature, sugere que a tecnologia também pode ser usada contra um dos cancro mais agressivos, o do pâncreas. As conclusões preliminares da investigação, realizada em parceria com a farmacêutica BioNTech, tinham sido apresentadas em junho de 2022 no encontro anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica. Entretanto, foram revistas por especialistas.  

Leia Também: Cinco hábitos que deve adotar no dia a dia para 'soltar' o intestino

Os cientistas extraíram tumores de 16 doentes como parte do tratamento e enviaram para a BioNTech. A empresa alemã analisou as proteínas e, com as informações genéticas descobertas, criou uma vacina de RNA capaz de ensinar o organismo de metade dos participantes a lutar contra remissões.

Em metade dos doentes a doença não reapareceu durante os 18 meses de acompanhamento. O cancro reapareceu 13 meses depois em oito participantes, após a cirurgia.

Leia Também: Atenção a estes sintomas desconhecidos de cancro que vitimou Rita Lee

Todos os doentes também passaram por ciclos de quimioterapia e usaram um medicamento para evitar que o tumor voltasse. Por isso, os pesquisadores não afirmam peremptoriamente que o sucesso do estudo se deve à vacina. Ainda assim, o avanço é considerado "extremamente promissor" pela comunidade científica.

Existem, no entanto, dois grandes desafios: o preço elevado da vacina e o tempo de produção, que foi de nove semanas para os participantes do estudo. Os cientistas da BioNTech pretendem reduzir o prazo para um mês.

Leia Também: Faz retenção de líquidos? Aqui tem cinco dicas para desinchar

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório