Meteorologia

  • 06 FEVEREIRO 2023
Tempo
16º
MIN 6º MÁX 18º

Evite este erro frequente de quem toma antibióticos

A nutricionista Francisca Oliveira diz-lhe o que fazer.

Evite este erro frequente de quem toma antibióticos
Notícias ao Minuto

22:33 - 24/01/23 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Alimentação

Quem toma antibióticos de forma prolongada tende a apresentar mais frequentemente pólipos na parede dos intestinos, ou seja, lesões benignas que, a longo prazo, podem mesmo evoluir para cancro. "Os antibióticos são péssimos para o nosso intestino, pois tanto destroem as bactérias patogénicas como as benéficas", escreve a nutricionista Francisca Oliveira na rede social Instagram.

Como tal, "o objetivo principal tem de passar por manter uma flora intestinal saudável". A pensar nisso, a especialista partilhou quatro estratégias para que não cometa o erro de menosprezar a saúde intestinal. Ei-las:

Leia Também: Um copo desta bebida por dia baixa a tensão arterial, garante médico

1- Aposte em alimentos ricos em prebióticos, que são fontes de alimento para as bactérias boas que vivem no intestino e estão naturalmente presentes em cereais integrais, maçã, alho-francês, cebola, alho, banana e, entre outros, em leguminosas;

2- Inclua alimentos com elevado teor de polifenóis, substâncias antioxidantes com várias ações importantes no corpo como frutos vermelhos, maçã, uva, romã, verduras, chá verde, cacau e nozes, por exemplo;

3- Consuma ervas aromáticas e especiarias, como gengibre, hortelã e erva-doce;

4- Evite hidratos de carbono e açúcares refinados.

Leia Também: É por esta razão que o café lhe dá a volta à barriga

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório