Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

Pinhão, o fruto seco repleto de benefícios que vai ter à mesa no Natal

Será que sabe tudo sobre este alimento? Traz muitos mais proveitos para a sua saúde do que pode imaginar. Eis as razões por que deve inclui-lo na sua alimentação, segundo a nutricionista Lia Faria, que assina a rubrica 'Alimento do Mês'.

Pinhão, o fruto seco repleto de benefícios que vai ter à mesa no Natal
Notícias ao Minuto

08:30 - 06/12/22 por Ana Rita Rebelo

Lifestyle Alimento do mês

Pinhões referem-se às sementes de árvores das espécies pinaceaes e araucariaceaes. Estas plantas são consideradas gimnospérmicas, uma vez que as suas sementes não dão origem a fruto. Ao invés, disso estas árvores formam pinhas que, com o tempo, se vão abrindo e libertam os pinhões. Devido ao seu tamanho e forma, os pinhões são depois espalhados com a ajuda do vento contribuindo para a propagação da espécie. 

Em Portugal, assim como na restante zona mediterrânica, a espécie mais comum é a Pinus pinea e a maior zona de produção é o Alentejo. Em 2005, o pinheiro manso ocupava mais de metade da área arborizada nacional, não sendo por isso surpreendente que o pinhão seja dos frutos secos mais exportados em Portugal a seguir à castanha.

Leia Também: E se lhe dissessem que sopa nem sempre é assim tão leve e saudável?

A nível nutricional, o pinhão é um alimento com uma elevada densidade energética e nutricional. Por 100 gramas (g), esta semente apresenta cerca de 622 calorias, cinco g de hidratos de carbono, 33 g de proteína e 52 g de gordura. De destacar que, apesar de rico em gordura, o pinhão apresenta um baixo teor de gordura saturada, com apenas 3,5 g por 100 g de alimento. 

Notícias ao Minuto © Lia Faria

O pinhão é ainda considerado uma boa fonte de minerais como o potássio, ferro, cálcio e zinco e vitaminas, como a vitamina A, B, C, D e E. Este perfil nutricional confere-lhe um papel interessante na gestão de patologias como a diabetes e doenças cardiovasculares.

É um alimento sazonal do inverno e encontra-se disponível entre os meses de dezembro e março. No momento da compra deve dar-se prioridade aos pinhões mais claros de forma a garantir que são frescos. Este tipo de semente deve ser guardado em lugares secos e arejados, podendo inclusive ser refrigerado ou até congelado de forma a estender a sua validade.

Leia Também: Acabaram-se as birras e choros à mesa. Falámos com um especialista

Pode ser consumido cru, como snack, ou tostado no forno ou frigideira. O pinhão tostado, além de se tornar mais aromático e saboroso tem também uma vida de prateleira maior do que a sua versão crua.

Além disso, o pinhão pode ainda ser usado em várias receitas como é o caso do molho pesto. O pesto é um molho italiano que resulta da junção de pinhões, manjericão, azeite, alho e queijo parmesão. Os ingredientes são todos triturados com a ajuda de um processador e normalmente servidos com algum tipo de massa.

Em Portugal, os pinhões são maioritariamente usados em pastelaria, mais especificamente em sobremesas de Natal como é o caso dos mexidos/formigos e do bolo-rei.

Leia Também: Sabe tudo sobre café? Olhe que não

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório