Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2022
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 16º

Especialistas partilham dicas para celebrar a época festiva em segurança

Passar tempo com a família (e amigos) é importante, mas também é essencial proteger-se contra a Covid-19.

Especialistas partilham dicas para celebrar a época festiva em segurança
Notícias ao Minuto

08:47 - 25/11/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Saúde

Tanto o Natal, como a Passagem de Ano, são motivos de celebração e estão mesmo 'ao virar da esquina'. É muito normal que todas as famílias (e grupos de amigos) estejam a fazer planos, no entanto, também é importante relembrar que a Covid-19 continua a ser um problema real, mesmo que, agora, seja menos perigoso. 

Então, o Yahoo Life falou com especialistas e perguntou se este ano é, finalmente, seguro juntar a família, mas também se é (ou não) necessário continuar a tomar precauções contra o vírus.

Leia Também: Covid. O primeiro sintoma que se experiencia no WC, segundo investigação

William Schaffner, especialista em doenças infecciosas e professor da Escola de Medicina da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, disse ao portal que "reunir-se para as festas é uma preocupação menor, mas não deveria ser uma não preocupação".

Além disto, espera-se que os casos de Covid-19 aumentem novamente neste inverno, por isso, o especialista relembra que existe sempre um risco aumentado de infeção quando as pessoas se juntam em grupos. 

Thomas Russo, professor e responsável pelo departamento de doenças infecciosas da Universidade de Buffalo, em Nova Iorque, disse ao Yahoo Life que se devem tomar precauções. Acrescentando que, a primeira coisa a fazer, é tomar a vacina ou, caso já a tenha, ver que doses de reforço lhe faltam.

Leia Também: Covid-19. Bebés de mães infetadas em risco de sofrer doenças neurológicas

"Se todos estiverem vacinados ao máximo, a probabilidade de ter problemas é baixa e a reunião deve ser relativamente confortável e segura", diz Russo. Aliás, o professor afirma ainda que, embora a vacina seja "imperfeita" na proteção contra infeções, ter a vacinação atualizada, torna menos provável que alguém infetado transmita o vírus a outras pessoas.

Além disto, o especialista acrescenta que, se viajar em transportes públicos, para se encontrar com a família, é boa ideia usar máscara, apenas por segurança, especialmente se o objetivo é estar com elementos da família que fazem parte dos grupos mais vulneráveis. 

Outra precaução a considerar é pedir, a todos os que vão participar nas celebrações, que façam testes rápidos na manhã antes do almoço ou jantar, aconselha William Schaffner.

O especialista reforça ainda a importância de não sair de casa caso esteja doente, já que, algumas vezes, os testes rápidos podem não ser eficazes e apresentar falsos negativos. Por isso, se estiver, por exemplo, com o nariz entupido o melhor é cancelar a sua presença. "Acho que não devemos ser casuais sobre isso", acrescenta.

Leia Também: Covid-19. Infetados com hipertensão correm maior risco de morte

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório